Greve Geral Mobiliza Caetité

0
Compartilhar:

Com o lema Nenhum Direito a Menos – Greve Geral, a população de Caetité caminhou da Praça da catedral até a Feira para reinvindicar direitos e justiça social.

Organizado pela Frente Brasil Popular o movimento contou com a presença do Sindicatos dos Servidores Públicos de Caetité (SSPCTE), do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), do Movimento de Mulheres Camponesas, da Marcha Mundial das Mulheres, do Movimento Estudantil Unificado (MEU), da União Geral dos Trabalhadores (UGT), da Comissão Pastoral da Terra (CPT), da Comissão Paroquial do Meio Ambiente (CPMA), Movimento Apartidário Caetité Cidadania, por servidores da EMBASA, da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da Conferederação Nacional dos Trabalhadores do Comércio e Serviço (CONTRACS), SINDAE, , entre outros movimentos e a comunidade em geral.

O Dia nacional de Greve tem como pauta a luta pela garantia de direitos trabalhistas conquistados e pela manutenção de projetos sociais na área da saúde e educação, ameaçados pelas medidas previstas pelo governo Michel Temer. Segundo os organizadores locais da greve geral, dentre as medidas do governo, existe o risco de acabar com as leis de trabalho (CLT), o risco da reforma da previdência sem consulta popular, a entrega do pré-sal e de outras estatais para o capital estrangeiro, o fim de programas como o Saúde Família, Ciência sem Fronteiras, FIES e PRONATEC.

Esse dia de Greve Geral aconteceu em várias cidades do Brasil e faz parte de uma mobilização popular nacional em favor dos direitos do povo brasileiro.

Compartilhar:

Deixe um Comentário