Violeta Basílio Jafet, matriarca do Sírio-Libanês, morre aos 108 anos em SP

0
Compartilhar:

Morreu na tarde desta segunda-feira (28) Violeta Basílio Jafet, presidente honorária da Sociedade Beneficente de Senhoras do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Filha de Adma Jafet, idealizadora do hospital e que dá nome à rua onde fica a instituição, Violeta tinha 108 anos.

Violeta herdou da mãe a missão de fundar o Sírio Libanês, inaugurado oficialmente em 15 de agosto de 1965.
Em nota, o hospital lamentou a morte de Violeta Jafet. “Violeta B. Jafet sempre pregou a harmonia entre as pessoas, independentemente de religiões e nacionalidades, ensinando que as três principais ações para uma vida feliz são perdoar, esquecer e amar”, diz a nota.
O velório será nesta terça-feira (27) a partir das 9h no anfiteatro do Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa. O sepultamento será ás 15h no Cemitério da Consolação.img_0091

Compartilhar:

Deixe um Comentário